No seguimento de decisão do Governo foi constituído um grupo de trabalho para analisar as eventuais irregularidades na entrada de combustível em Portugal. Em anexo, apresentam-se as conclusões vertidas no estudo deste grupo de trabalho.